A homossexualidade não é sinónimo de comportamentos de risco

28/07/2010

Este país continua a descriminar. Os homossexuais não podem dar sangue, mas os heterossexuais que têm cada vez mais múltiplos parceiros e que a par disso ainda têm relações sem preservativo, podem ser dadores de sangue [claro que no formulário têm de dizer que não têm comportamentos de risco, mas nem sempre as pessoas consideram esta prática como comportamento de risco].
Como dizia a notícia "a homossexualidade não é sinónimo de comportamento de risco, tal como a heterossexualidade não é garantia da sua ausência".

Cabe sempre a cada um de nós, analisar se somos ou não potenciais dadores de sangue.

8 comentários:

Vera, a Loira disse...

Isso é discriminação no verdadeiro sentido da palavra, eu concordo contigo, não é o facto de um indivíduo ser homessexual que vai fazer com que tenha comportamentos de risco.

Gelatina de morango disse...

É tão verdade, essa discriminação não faz o mínimo sentido, mas não é fácil mudar mentalidades e, com elas, essas tipo de regras.

Dina disse...

Não poderia ter dito melhor ;)

Rainbow disse...

Antigamente pensava-se em grupos de risco: as prostitutas, os toxicodependente e os homossexuais. Actualmente, o conceito foi modificado para "Comportamentos de Risco", e aí não há um grupo mais susceptível à SIDA do que outro... Todos a podemos apanhar, basta ter um comportamento de risco, basta uma só vez! Não sei porque continuam com a discriminação...

Olhos Dourados disse...

Lá isso é verdade!

Vera disse...

Não fazia ideia... É injusto, sem dúvida.

Anónimo disse...

Subscrevo inteiramente as tuas observações...

Que hipocrisia sem tamanho!

É nestas alturas, que tenho um bocadinho de vergonha de ser portuguesa....
:(

CAT

Violet* disse...

fuck... isto é horrivel não fazia ideia mesmo :x