Mulheres grávidas a fumar

13/08/2010



11,5% das mulheres grávidas em 2001 eram fumadoras.

Aqui está algo que nunca vou compreender. 11% para mim é muito, porque acho que nenhuma grávida devia fumar. Acho mesmo uma falta de responsabilidade.

13 comentários:

Bruno Luis Rodrigues disse...

11,5% de mulheres fumadoras, só? O estudo tem quase 10 anos, acredito que em 2010 esta percentagem tenha aumentado significativamente. Tudo dependente do que é considerado acto de fumar. "Dar umas passas", meio cigarro, ou um cigarro por semana, servem para a estatística? Depende do ponto de vista dos analistas que procedem a este estudo. Não esqueçamos ainda das grávidas que, por vergonha ou por não quererem revelar algo que é da sua intimidade, MENTEM. Já agora, Cátia, o estudo a que te referes é do MCTES?

Lila* disse...

Olha Bruno eu li na revista noticias magazine da semana passada e acho q os dados sao do Ministerio Publico:)

Rita disse...

Acredito...eu deixei de fumar quando soube, portanto acredito que ainda fumei durante um mes...mas por desconhecimento total, porem a primeira coisa que deixei, foi de fumar. E dura até hoje. *

beatyproject disse...

deprimente :s

Sôzinha disse...

Também não consigo compreender como é que as mulheres grávidas continuam a fumar!
Infelizmente conheço várias mulheres que enquanto estiveram grávidas continuaram a fumar, por isso até achava que o valor da percentagem fosse maior.

Terapias Pra Neura disse...

Fico maluca!!!
Apetece-me enfiar-lhes o cigarro num sitio que nao digo agora que sou uma moça educada!
Beijuuu

nuvem.de.algodão doce disse...

Concordo.
*

Nokas* disse...

Ainda esta semana vi uma miuda gravida (devia de ter os seus 15, 16 anos) e a fumar. Juro que não percebo.

Vera disse...

Ainda há tanto trabalho a fazer nessa área... Grávidas a fumar, a beber álcool, a alimentar-se mal e porcamente... Enfim.

Girl in the Clouds disse...

Acho mal, a saúde do bebe em primeiro lugar!!

Anónimo disse...

calma.. acho que os medicos dizem mesmo que parar de fumar repentinamente nessas situações é pior e que se deve fumar o cigarrinho da praxe

Pequenotes coloridos disse...

Sinceramento não entendo como uma mulher grávida que fume. Para além de se prejudicar a ela, faz mal ao bebé que bem a camino. O qual deverá ser a sua melhor obra!

Nadyta disse...

Também não consigo perceber tamanha irresponsabilidade :/