Ele tem pilhas Duracell. Mas eu não (infelizmente).

29/09/2010




Já nasceram os primeiros dentes. E já se deram os primeiros passos. Ele está crescido e eu vou-me babando a cada dia que passa.
Continuo a perder-me nas brincadeiras com ele, se bem que no final estou eu mais cansada do que ele. Ele não pára. E eu acho que quando eles começam a caminhar e a gatinhar, deviam de ter uma divisão gigante só para eles, sem obstáculos e com paredes almofadadas. Isso sim, seria muito bom. Em vez disso há que ter mil e um cuidados para que não batam em nada. 
Mas talvez isso seja uma consequência da minha pessoa ser um tanto ou quanto preocupada. Acho sempre que ele vai rachar a cabeça. Ou que vai acontecer isto ou aquilo. 
Eu só lhe queria a descontracção. O começar a caminhar sem medo, sem olhar para a frente, apenas ter a confiança na pessoa que vai atrás, a vigiar.  


5 comentários:

Rita disse...

Tão lindo! :D

A preocupação é normal. Então quando começam a andar os perigos para eles aumentam muito. Mas ele vai-se safar sem rachar a cabeça, com certeza!

Vera, a Loira disse...

É tão lindo Nokas.

...Ju... disse...

a vantagem de ser criança :)

"O começar a caminhar sem medo, sem olhar para a frente, apenas ter a confiança na pessoa que vai atrás, a vigiar. "

Marta Inês disse...

A minha avó tinha um quarto sem nada, só com brinquedos, com uma cancela e punha lá os netos quando eram pequenos a brincar

beijinhos*

Tanita disse...

Lindo, mesmo!
Eles são mais fortes e resistentes do que nós julgamos.
Descontrai, sei que é dificil mas ao menos tenta.
Bj**