Há tanto para mudar.

15/09/2010

A propósito de uma conversa com os miúdos sobre profissões, um deles vira-me para mim e diz:

- Eu quero viver do subsídio de desemprego e assim tenho mais do que tempo para descansar.  Não quero trabalhar, era o que havia de faltar.

[meu querido, primeiro tens de trabalhar, pelo menos, 1 ano e meio. E depois esse subsídio não é eterno. Mas explicar isto a miúdos de 11 anos é explicar toda uma outra perspectiva de vida]


9 comentários:

*C*inderela disse...

Esperto é ele LOL. Com os exemplos que temos da nossa sociedade é mesmo a isso que incentiva. Dão mais dinheiro aos subsidios que aos ordenados depois é o que dá.

Vera, a Loira disse...

Sendo que uma pessoa com menos de 30 anos tem direito a 1 ano de fundo de desemprego e mais 1 mês por cada 5 anos de descontos (esta é a minha área), ele com 11 anos está no bom caminho, para... nada??? LOL

Gelatina de morango disse...

A verdade é que há subsídios de desemprego que incentivam mesmo as pessoas (as que não gostam de fazer nenhum...era coisa para eu dar em louca) a isso mesmo, a querer ficar em casa porque, além de não fazerem nada, ainda recebem mais do que se estivessem a trabalhar.
Eu acho esse género de apoios devia ser mais reduzido porque, apesar de haver muita gente que quer mesmo trabalhar e não consegue arranjar trabalho, também há muitos que pensam como esse miúdo.

Vera disse...

Podia dizer que o sonho dele era casar com uma estrela de cinema e viver às custas dela, ou com um velho/velha rica. São miúdos... Acho que se devia explicar o que está mal nessas ideias mas não levar muito a sério!

achibi.design disse...

É assim a mentalidade da nossa futura população! Para quê trabalhar?

Jo disse...

Infelizmente não são so miudos de 11 anos que pensam assim ....

Rita disse...

Ele limitou-se a dizer o que costuma ouvir, parece-me.

Mas há muita gente que prefere estar no fundo desemprego porque ganha mais que a trabalhar. Conheço um caso assim.
Também conheço quem andasse a trabalhar e a receber do fundo de desemprego. Foi apanhado. O que eu me ri! A sério, não é por mal, mas é só fazer pouco de quem desconta e tem os seus impostos em dia. Já nem falo do RSI...

Mary Jane disse...

Felizmente há quem lhes explique!

Tanita disse...

Chama-lhe parvo! eheheheh
(já têm a escola toda)
Bj**