I *

04/09/2010




Ainda me lembro tão bem do dia em que nasceste. O teu padrinho levou a tua mãe de madrugada para o hospital mas tu decidis-te que querias estar lá mais umas horas e só às 17h é que deste um ar da tua graça cá fora. E eu devo ter pegado em ti tinhas tu 2, 3 horas de vida. Não sabia como havia de o fazer, tinha medo de te partir alguma coisa. Decidi que o melhor era enviar-te para o colo do teu padrinho que em ficou em pânico porque eras mesmo pequenino e também achava que ainda te deitava ao chão.
Nessa noite foi noite de lua cheia.
Nesse dia o teu padrinho apanhou uma multa de estacionamento, apesar de só me ter contado quando eu lhe perguntei o que era aquele papel em cima da secretária dele passado uns 3 meses. As duas únicas multas que ele apanhou foi quando nasceste e quando o teu irmão nasceu, alguns anos antes.
Com o tempo fomos aprendendo a pegar em ti. A brincar contigo. E ainda me lembro quando te vi a tomar banho. Achava que tinhas frio. A tua mãe dizia que não. Mas eu achava que tinhas frio. Que tinhas fome. Que tinhas a fralda suja. Bastava chorares que eu achava logo que alguma coisa não estava bem. Mas depois descobri que não és de porcelana. Que choravas e depois rias-te logo. Descobri que gostas de fotografias, mas só em alguns dias, quiçá quando achas que estás mais fotogénico. E sabes uma coisa? Gosto tanto das tuas bochechas. Mas não gosto que não gostes de beijinhos. Parece que gostas mais do Canal Panda do que dar beijinhos. A ver vamos se isso muda.
Hoje vamos todos cantar-te os parabéns pela primeira vez. E vais receber muitas prendas. E de certeza que não te vais lembrar de nada do que se vai passar hoje daqui a uns anos. Afinal hoje fazes um ano e há tanta coisa que ainda não consegues captar para o teu mundo. Mas deixa lá, vamos tirar fotografias e vamos fazer filmes para um dia te mostrarmos. Espero que faças de mim uma "madrinha" ainda mais babada do que já sou.

8 comentários:

Anna * disse...

Parabéns ao bebe !
Um texto com muito sentimento (:

Bunyssa* disse...

Parabéns e um abracinho para ele (já que ele n gosta de beijinhos) :)

-Joana disse...

Parabéns ao piolhito! Realmente, és uma madrinha bem babadinha! ;)

Violet* disse...

Tá lindo o post Nokas =)
O R é perfeitoo =) tou ansiosa para estar com ele logo =)

Violet* disse...

p.s: essas multas vão ser sempre multas com sentimento! é para recuerdo!

S* disse...

Oh com tanta baba neste texto... impossível!

Rita Moura disse...

Quando me apercebo o quanto eles (sobrinhos) cresceram é que penso o quanto estou a ficar também crescida... ; ) ***

BUBBLES disse...

Que querido!