No meio de uma cidade, de muito reboliço, há sítios tão bons para se estar.

12/10/2010


Adoro bibliotecas, o silêncio, o mundo dos livros. E confesso que tenho um pouco de "inveja" (da boa) das pessoas que trabalham nas bibliotecas, se bem que pessoalmente acho que haveria dias em que me ia cansar de tanto silêncio, sobretudo porque o que mais estou habituada, no dia-a-dia de trabalho, é bastante barulho e agitação. Por enquanto é na hora de almoço que lá vou saborear um pouco daquele mundo, nos dias em que isso me permite.


9 comentários:

Nokas disse...

Também gosto muito!! E gosto daquele silêncio tranquilizador :)
Deve ser das Nokas, hehe...

Myosotis disse...

Agora por segundos pensei: então mas a Nokas comentou-se a ela própria :p

Também adoro bibliotecas. É o cheiro, a sensação de paz, é o contemplar aqueles livros todos... Adoro :)

**Beijinhos**

Gelatina de morango disse...

É tão bom ler no silêncio...parece que o resto do mundo pára.

mademoisellejoanne disse...

eu adoro a biblioteca de Telheiras e a do Campo Pequeno. Especialmente em dias de chuva =)

Sôzinha disse...

Também adoro bibliotecas! E para além de me transmitem muita paz, também me trazem recordações da minha infância. Durante vários anos, costumava passar as tardes na biblioteca onde a minha mãe trabalhava. Era óptimo ir até lá e ler todos os livros da colecção "Uma Aventura" (que eram os meus preferidos na altura).

Vera, a Loira disse...

Faz muito tempo que não vou à biblioteca, agora fiquei com saudades.

Girl in the Clouds disse...

Sem dúvida, um bom sítio para se ter paz!!

Marta Inês disse...

Eu adoro os livros e adorava ter uma mini-biblioteca em casa. Mas acho que não teria muita paciência para trabalhar numa!

beijinhos*

Tanita disse...

É quase como entrar numa igreja, dá-nos uma traquilidade, uma certa paz. Mas, nas bibliotecas temos o melhor: os livros. (adoro abrir um livro e ter aquele cheiro característico, sabes a qual me refiro?)
Bj**