E não podia estar mais de acordo com isto.

17/05/2011


Não querendo generalizar, cada vez mais eu acho que o peso das estatísticas importa e muito para avaliar as escolas, os professores. Mas depois há tanto que fica para trás. E quando li este texto no blogue Dias Assim de repente veio-me muita coisa à cabeça, muitos exemplos concretos vividos pessoalmente que ilustram na perfeição o quanto a escola se importa com os resultados exteriores a apresentar sem se importar verdadeiramente com aquilo que realmente é assimilado (intelectualmente e também moralmente) por estes jovens.

5 comentários:

Nokas disse...

Dá que pensar no que a educação se poderá tornar...

Estrela disse...

Hoje em dia passam todos para que fique bem nas estatisticas e assim os jovens vão andando sem saberem nada!!!o ensino já não é o que era!!!

Aline disse...

Pois eu fico duplamente preocupada. 1º, porque sou mãe e tenho receio do sistema de ensino que aguarda pelo Martim e depois, porque sou professora e vejo o caos em que o ensino se tornou. Há que dar uma grande volta a isto. E não sei bem como.

Tanita disse...

É estado em que estamos.

*Lili* disse...

Totalmente de acordo.. Eu envergonho-me a mim mesma saber que os meus pais deram na suposta "primária" deles o nosso "secundário" ...Envergonha-me saber que só têm o 9º ano e são bem mais cultos do que eu que estou a iniciar a faculdade. E pergunto-me para quê? Para chegar em fim e aterrar no desemprego? Enfim... Degredo total... Tenho dito.


http://realdreams-liliana.blogspot.com/