Sinceramente não consigo ter inveja deles. Acho que nunca mais vão ter sossego na vida.

16/07/2011

"Um casal britânico reclamou finalmente o maior prémio de sempre do Euromilhões. Depois de três dias de silêncio, os vencedores vão rechear a conta bancária com 185 milhões de euros. Casados há 30 anos, Colin e Chris residem na Escócia, na cidade de Largs, em Ayrshire. O casal já anunciou que com o prémio do Euromilhões vai pagar as casas dos filhos e cumprir o sonho de viajar para a China e para a Austrália. Colin e Chris Weir entram, assim, automaticamente para o ranking das 500 maiores fortunas do Reino Unido."
(mais aqui)
Nunca pensei que os vencedores do maior prémio de sempre dessem a cara. Se me saísse a mim, eu certamente que não ia anunciar ao mundo que tinha passado a ser milionária. Como diz o meu pai "ias passar a ter muitos "amigos" a bater à porta".
E eu cá acho que era pessoa para não sossegar mais. Cá na minha ingenuidade muito dinheiro faz mal à cabeça. Eu já ficava (muito) contente com o segundo/terceiro prémio, agora digam-me o que eu ia fazer com 185 milhões de euros???

8 comentários:

Gelatina de morango disse...

Eu sinceramente também não sonho com o primeiro prémio do Euromilhões, mesmo. Tanto que nunca joguei!

...Ju... disse...

LOL!
eu tb não daria a cara... mas invejo a conta bancária!

Ju disse...

Concordo contigo! Já ficava feliz se me saíssem uns não sei quantos mil euros, nem precisava de um milhão, eheheheh! ;) Ok, para mim até já era bom qualquer prémio que eu não ganho nada! xD

Jo disse...

Se ganhasse, também não me parece que viesse dar a cara...

Alice disse...

Eu não daria a cara, mas se me saísse a mim sabia muito bem o que fazer com ele!! :)

a Gaja disse...

Eu também não diria. Se ganhasse queria paz e sossego e com todo o mundo a saber de certeza que não conseguiria atingir esses objectivos. Olha que até acho que é preciso ter coragem para dar a cara assim.

Milaresendes disse...

Idem!
Para mim o último lugar... com algum¨$ já me deixaria nas nuvens...

P.S. O casal aí, acho que tinham uma vida monótona e querem radicalizar!

cairs disse...

eu teria dificuldade em dormir à noite com medo...