Primeiro deu.me vontade de rir. Depois acho que fiquei incrédula.

09/11/2011

Foto tirada daqui

"Um aluno do 5.º ano do Agrupamento Vertical Dr. Francisco Gonçalves Carneiro, em Chaves, foi surpreendido pela professora a copiar num teste, com a ajuda da mãe, que lhe enviava mensagens escritas de telemóvel com as respostas das perguntas." (o resto da notícia pode ser lida aqui)

Diz a psicologia e bem, que os primeiros modelos sociais que temos são os nossos pais. Teoricamente, em princípio, acabam por ser os modelos mais importantes que temos na nossa vida. 
Mas depois há casos que me surpreendem mesmo. 
Quando são os próprios pais a quebrarem as regras, o que se poderá dizer mais? 
 
[Ao menos não se poderá dizer que nesta relação entre mãe e filho não há cooperação. Há até demais.- ironia]


6 comentários:

Maggy disse...

eu como aluna quando posso quebro as regras, mas acho que quando tiver um filho não o vou deixar fazer o mesmo, prefiro que ele não me conte que copia...:)

a Gaja disse...

Opah eu tentei fazer isso no 12ºano, mas não fui bem sucedida...o meu amigo nunca me respondeu e afinal até sabia a resposta. Tive professores que diziam que era bom que fizéssemos cábulas porque ao menos estávamos a estudar e tenho que admitir que das vezes que fiz nunca as usei pois lembrava-me de tudo o que ali tinha. Agora um pai/mãe apoiar o seu filho a fazer isso, facultando-lhe as respostas acho triste, absurdo e ridículo. a minha mãe nem podia sonhar que eu fizesse tal coisa, quanto mais ser ela a dar-me respostas. Onde isto está a chegar :(

Aline disse...

E o cúmulo dos cúmulos é que, ao que parece, a mãe é professora.

Pintas disse...

Infelizmente já nada me surpreende. Ontem apanhei os meus alunos(na minha aula)a fazer cábulas para o meu teste!!!!

*Lili* disse...

Eu acho que é natural... Sinceramente não acredito que não haja ninguém que alguma vez não tenha copiado seja o que for, na mão, na cábula, telemóvel seja o que for. Acho que é natural. Não acho natural a mãe ajudar nesse aspecto, mas até a minha mãe sabe que eu copio e sinceramente nunca me impediu e não é por isso que deixa de ser menos mãe, muito pelo contrário é uma das pessoas mais sábias e dedicadas que conheço, e ai daquele que diga o contrário. Agora é verdade, nunca me ajudou. Mas penso que estão a fazer disto um bicho de 7 cabeças, quando isto já vem do passado sinceramente... é ridículo , sim mas em casos extremos até as pessoas vão à bruxo e rezam a Deus, eu também acho ridículo, mas é compreensível :/

Tanita disse...

Grande mãe! (estou a ser irónica, claro)