Vidas que eu gostava de ter#1

08/11/2011

Aqui está mais uma vida que eu não me importava nada de ter. E ainda por cima a rapariga é assistente social. É uma ideia fantástica. Tivesse eu coragem e um namorado ainda mais louco do que eu!

"João e Inês, ambos com 22 anos, são namorados. Mas não é só amor que os une. Há outra paixão comum: viajar. Ele quer ser jornalista de viagens, ela quer apostar no turismo comunitário. Para aprenderem e criarem alicerces para esses projectos de vida decidiram ir viajar (e trabalhar) por África - Quénia, Tanzânia e Moçambique - durante cinco meses."

2 comentários:

Rita G. disse...

uma verdadeira aventura:) bj

S* disse...

Acho muito bem, isto é que é VIVER.