Chegar aos 30.

29/04/2012



A melhor maneira de organizar um jantar de aniversário surpresa sem que o aniversariante perceba é comemorá-lo passado uma semana, quando o pretexto aparente é juntar alguns amigos para ir comer francesinhas, tema sempre muito recorrente nos nossos cafés. Vai daí e uma vez que no Tappas não conseguimos reservas (quem nos estiver a ler e for aqui desta zona de Gaia/Porto não pode deixar de lá ir), fomos ao Cufra do Edifício Transparente. Eu optei pelos fantásticos bifes e deixei a francesinha para quando formos ao Tappas e não me arrependi da escolha. Muito bom!
E depois sim, veio o bolo assim do nada, um postal cheio de grandes testamentos e o grande presente do aniversariante: um Space Shuttle da Lego. Mesmo quando se faz 30 anos pode-se receber presentes da Lego, basta ser um aficionado por esta marca e pela ciência. E a parte melhor de se fazer 30 anos é não parecer de todo que se tem essa ideia. Por isso, e pessoalmente, quando lá chegar, quero comemorar os meus 30 anos a parecer bem mais nova :)
A noite acabou nas Galerias do Porto, onde (finalmente!) provei a caipirinha de gomas que já me tinham falado. Não é das melhores mas, pelo menos, a ideia é original :)
É sempre bom ver o Porto completamente a abarrotar de malta jovem e feliz*





5 comentários:

Maggy disse...

assim não tinha mesmo como o aniversariante desconfiar:P
é mesmo verdade, é só um número, interessa é como a pessoa se sente e ter sempre assim amigos por perto:)

Mary disse...

Pelo menos assim foi mesmo surpresa.
Beijinhos ***

S* disse...

Tão bom. Planos perfeitos. :)

Sofia disse...

Parece ter sido uma óptima noite. Também gosto muito do Tappas e do Cufra no Edif. Transparente.

Inês Menezes disse...

Só ideias originais!